É inegável que após o boom de lançamento, hoje os tablets provocam muitos pontos de interrogação na cabeça do consumidor que está na fase de decisão de compra. Em um mundo onde os smartphones surgem cada vez mais tecnológicos e com processadores melhores, os tablets ainda se encaixam como uma solução de meio-termo entre smartphones e computadores?

Bom, a resposta não poderia ser outra: depende do que se procura. Em linhas gerais, pode-se afirmar sem sombra de dúvidas que a tela de um tablet é mais indicada do que a tela de um smartphone quando o assunto é assistir filmes e séries, jogar ou ler. Além disso, a usabilidade do aparelho é comparável a de smartphones consagrados do mercado, mas por um preço consideravelmente menor. Com a junção de mobilidade, praticidade e ótimo custo-benefício, os tablets têm sim bons motivos para serem considerados úteis no dia a dia.

Para as crianças, por exemplo, eles são uma ótima escolha. Afinal, entregam experiência inigualável para os games e vídeos, ao passo em que limitam a profundidade da navegação, ajudando a controlar o uso, já que não possuem as mesmas funções de um smartphone. Esses aparelhos também são queridinhos de nichos específicos, como estabelecimentos comerciais, pois oferecerem atendimento digitalizado com boa usabilidade, e também artistas que usam o equipamento para desenhos: tatuadores, ilustradores, etc.

Uma coisa é preciso reconhecer: é difícil pensar no tablet como um device que substitui o smartphone ou o computador. Ao contrário, é perfeitamente possível pensar em um tablet como complemento, como um aparelho para repartir funções e otimizar as experiências, principalmente pelo seu alto custo-benefício. Pensando assim, é certeiro afirmar que os tablets sempre terão seu espaço cativo no dia a dia. Afinal, ninguém dispensa boa tecnologia com praticidade por preços parceiros.

E você já sabe: os tablets das maiores marcas do mundo você encontra no Fujioka Distribuidor. Para saber mais sobre esse e outros assuntos, siga acompanhando nosso blog e redes sociais. Até a próxima!


voltar para posts