Nos últimos anos, as lives se popularizaram no Brasil de uma forma surpreendente. Tal ascensão trouxe uma grande oportunidade aos varejistas: vender online através de reviews ao vivo nas redes sociais.

Apesar de em outros países ser uma prática bastante popular, essa forma de vender ainda é novidade por aqui. A vantagem é que quem adota esse modelo de divulgação agora tem muito mais chances de se tornar referência em live commerce no futuro.

O funcionamento é bem simples: os apresentadores (que fazem papel de vendedores) mostram os produtos ao público e tiram todas as dúvidas dos potenciais compradores. As lives podem ser feitas em diversas redes sociais, como Instagram, Facebook, Twitter, Youtube e outros mais segmentados, como o Twitch, que é mais utilizado pelo público gamer.

Durante a live, uma empresa que vende produtos de tecnologia, por exemplo, pode testar um notebook marcando o tempo que ele leva para iniciar e mostrando a qualidade de som, de imagem, de construção, de poder de processamento, de duração de bateria e de tudo que for possível imaginar. A criatividade aqui é de fundamental importância.

Parte da audiência possui algum desejo de ter o produto exposto; por isso, essa ação converte-se facilmente em compras. Assim, dialogar com o público tratando-o com o máximo de atenção é primordial para um criar um bom relacionamento e alimentar a famosa propaganda boca a boca: às vezes o espectador não vai comprar naquele momento, mas pode adquirir conhecimento sobre o produto e indicar a loja para as pessoas próximas.

Aqui vão algumas dicas para quem quer colocar o live commerce em prática: tenha um call to action, que é uma chamada para o usuário realizar algum tipo de ação, como acessar um site ou clicar em um link na bio ou na descrição do vídeo, por onde ele poderá comprar o produto ou conhecer a loja/o vendedor. Outra dica é a distribuição limitada de cupons de desconto para quem está assistindo ao vivo. Isso aumenta o interesse e retém o público.

E quem tem condições financeiras para investir em eventos do tipo deve considerar fazer parceria com influencers para apresentar as lives. Assim, os seguidores do influenciador provavelmente estarão em constante interação com ele e com a loja. Mas só isso não basta: o tipo de conteúdo a ser apresentado deve ter características não só de vendas, mas também de entretenimento e distribuição de conhecimento.

Para comprar produtos de tecnologia mais barato e revender no seu live commerce, pode contar com o Fujioka Distribuidor.

Gostou do conteúdo? Aqui no blog e nas nossas redes sociais temos sempre novidades como essa para você. Até a próxima.


voltar para posts