O mundo passou por profundas e rápidas transformações nos últimos 30 anos. E foi na segunda metade dos anos 1990 (até 2010) que uma nova geração nasceu: a dos nativos digitais, também conhecida como geração Z. Uma geração bem diferente das anteriores e que costuma ser altamente exigente em relação aos produtos que escolhem consumir.



Mas, por que falar de geração e não de idade?


É simples: as gerações são marcadas por acontecimentos históricos. No caso da geração Z, trata-se de um grupo de pessoas que nasceram entre a época em que o uso de computadores com acesso à internet foi popularizado até o início do advento dos smartphones. E esses marcos são claros indicadores de hábitos.

Entender como essa geração enxerga o mundo é essencial para manter uma boa relação com o público e buscar atender suas demandas da melhor forma possível. Assim, quem consome sai satisfeito e quem vende também.

E quais são os hábitos de consumo da geração Z?


De modo geral, esse público busca comprar de quem se preocupa com causas sociais. Por exemplo, quem tem boas práticas ambientais, iniciativas de combate à desigualdade e de empresas que estimulam uma vida mais saudável. Mas não é só isso. Essa é uma geração superconectada. Que é altamente aberta a novidades tecnológicas e, ao mesmo tempo, exigente em relação à qualidade e à procedência dos produtos.

A geração Z também busca sempre a melhor experiência possível. Isso em todos os aspectos de sua vida: de um relacionamento amoroso a uma compra na internet. E a empresa que acerta em levar uma boa experiência para esse público pode cair nas graças desses consumidores, que vão difundir a marca, falando bem dela por aí. Afinal, hoje a maioria das pessoas dessa geração carrega sempre um smartphone no bolso, cheio de apps que podem definir a reputação de um negócio.

Minha empresa atende bem a geração Z?


Para saber se o que a empresa está oferecendo é uma boa experiência e que pode gerar conversas positivas nas redes, basta se perguntar: eu ficaria impressionado com o que esta empresa está oferecendo a ponto de postar uma foto ou fazer uma menção positiva na internet? E essa experiência pode vir de várias maneiras, como no próprio ponto de venda, na compra pelo site, nas redes sociais, no pós-venda ou no SAC.

A geração Z também é menos apegada a seguir os padrões de comportamento que dominaram as gerações anteriores. Pautas como casamento, casa própria, carro e até mesmo carreira são mais flexíveis entre essa geração. E é mais bem-aceito alguém escolher um caminho diferente. Então se algum tipo de negócio promete e cumpre alguma disrupção? No mercado tradicional, a tendência é agregar mais esse público. Nubank, Tesla, Netflix, Airbnb e Uber podem ser citados como exemplos desse tipo de empresa.

Como fazer sucesso com esse público?


Nesse mercado tão competitivo, a inovação continua sendo a palavra-chave para o sucesso. Mas agora com mais responsabilidade social, ética e experiência. Explorar novas formas de venda, novos pontos de contato, meios de pagamento e entrega podem ajudar um negócio a se conectar e prosperar junto à geração Z.

Se o seu negócio for tecnologia — ou se você deseja aprimorar a experiência oferecida pelo seu negócio com mais tecnologia — é claro que você pode contar com o Fujioka Distribuidor. Porque é no Fujioka Distribuidor que você vai encontrar produtos originais, das melhores marcas do mundo. E é com esses produtos que a geração Z se identifica, pela qualidade e durabilidade.

É isso. Fique ligado aqui com a gente porque sempre tem novidade no blog. Siga o Fujioka Distribuidor nas redes sociais para não perder nada. E até a próxima.


voltar para posts