A notícia está em todos os sites e telejornais: o mundo está em alerta com o Coronavírus, uma situação que levou à OMS a declarar emergência em saúde pública de interesse internacional. Com uma grande base de operações nos países asiáticos, os maiores fabricantes mundiais de tecnologia já estão sofrendo os reflexos dessa crise. Fábricas estão interrompendo sua produção e muitas lojas estão sendo fechadas. Como fica a produção? O cenário no horizonte próximo é de que a produção seja comprometida em diversas marcas. Grandes marcas de tecnologia estão fechando temporariamente os seus escritórios na China, proibindo viagens de seus funcionários e analisando a possibilidade de férias coletivas. Os insumos utilizados na produção de diversos produtos também estão em falta. O Mobile World Congress de Barcelona A crise acabou por inviabilizar a realização do maior congresso de celulares do mundo, a Mobile World Congress (MWC) em Barcelona, marcado para o final de fevereiro. Foram tantos os cancelamentos que a direção do evento decidiu por cancelar a edição deste ano. Como isso afeta o mercado nacional? Com a produção internacional comprometida, o primeiro reflexo aqui no mercado nacional será a escassez de produtos de tecnologia nos nossos estoques. A questão agora é: o que você, revendedor, pode fazer para se precaver? A resposta é clara: procure reforçar agora mesmo os seus estoques com produtos de tecnologia para que a sua loja não sofra os impactos que fatalmente virão nos próximos meses. Não se tem uma previsão sobre o fim da epidemia e - mesmo assim - a recuperação do ritmo das operações será um tanto lenta. Não corra o risco de ficar sem estoque. Tome as providências agora, com antecedência, e esteja preparado para eventuais faltas no abastecimento.


voltar para posts