Internet: um assunto que diz respeito a todos e que, infelizmente, muitas vezes é motivo de muita reclamação por parte dos usuários em relação às operadoras que fornecem o serviço. Em um momento, por exemplo, onde o modelo de trabalho em home office não para de crescer, surge o desafio de lidar diariamente com a responsabilidade de montar sua própria estrutura, e não mais usufruir da estrutura de uma empresa. E o pilar dessa estrutura pode ser o bom funcionamento da internet.

Com isso, em um belo dia, você está trabalhando, prestes a mandar um e-mail importante ou fazer uma vídeo-chamada urgente, e a sua internet decide não ajudar. Ou talvez a situação nem seja de trabalho, mas de performance nos games, entretenimento na TV, conexão por live, etc. Seja qual for a situação, o bom funcionamento da internet é vital. Mas a pergunta é: como, então, melhorá-la? É tudo culpa da operadora? É preciso alterar o plano? Nem sempre.

Sem mais delongas: o seu problema pode estar apenas no modem. E não identificar isso é um grande erro cometido pela maioria das pessoas. Afinal, só é possível resolver um problema quando se reconhece sua origem. E por conta deste pensamento, às vezes se despende mais tempo, mais dinheiro e mais estresse em um lugar que não é o real foco da situação.

O fato de as operadoras já enviarem um modem quando o cliente fecha um plano é algo que impede as pessoas de se questionarem sobre a qualidade deste indispensável equipamento para a performance e a velocidade da internet. Afinal, é ele o responsável por receber diretamente o sinal da sua internet banda larga, levando os dados de rede para o seu computador pessoal ou desktop.

É importante aqui diferenciar: modem é diferente de roteador. Enquanto ele recepta o sinal da banda larga, o roteador é que é responsável por transmitir esse sinal via Wi-Fi para a conexão de vários aparelhos dentro da casa ou ambiente. Ou seja, somente um modem não é capaz de mandar um sinal Wi-Fi, porém hoje já temos modelos que unem essas duas funções, funcionando tanto como modem quanto como roteador.

Os tipos de modem são muitos: modem ADSL, que utiliza a mesma estrutura de conexão da linha telefônica; cable modem, em que a conexão é feita pelos mesmos cabos da TV à cabo; modem com Wi-Fi, que une as funções de modem e roteador; e outros tipos. Se você é um usuário e quer melhorar sua internet, o ideal é ir em uma loja especializada, dizer suas necessidades e contar com a ajuda de um vendedor. Já se você possui uma empresa, tem aqui a oportunidade de abastecer seu estoque com os melhores modems e informar seus clientes de que o problema da internet pode não ser o plano.

Seja qual for a necessidade, você pode contar com o Fujioka Distribuidor, que possui uma linha completa de equipamentos de conexão das maiores marcas para transformar a performance da internet de qualquer ambiente. Continue acompanhando o blog e nos siga nas redes sociais para ficar sempre por dentro de dicas sobre esse e outros assuntos.


voltar para posts