Viver em uma casa com itens automatizados, como no famoso desenho animado Os Jetsons. Lá o ano era 2062. E muito do que eram apenas frutos de um mente criativa e imaginativa acabou se tornando realidade da nossa rotina atual.

No Brasil, o tema ganhou força por volta de 2019. A ascensão dos assistentes virtuais como Google Assistant, Alexa e outros elevou também a ofertas de tecnologia compatível em diversos itens eletrônicos comuns ao lar. Naturalmente, com o passar do tempo, essas tecnologias foram se tornando mais populares e acessíveis.

É cada vez mais frequente a incidência de tecnologia de gestão remota ou por comando de voz nos equipamentos de uma casa. Mas antes de entrar no mérito específico, vale um esclarecimento sobre a diferença entre casa inteligente e casa conectada – Sim, são dois conceitos que, apesar de parecidos, ilustram situações distintas.

O ponto em comum entre os dois conceitos é o fato de ambos se valerem da internet para estabelecer conexão entre os dispositivos. Mas uma casa conectada é aquela em que é possível controlar esses dispositivos a distância, utilizando aplicativos ou integrando-os à assistentes virtuais que funcionam por comandos de voz.

Já a casa inteligente, vale-se do mesmo mecanismo de manter conectados os dispositivos para criar um ambiente que executa ações sem precisar de comandos do usuário. Aqui se estabelece a grande diferença. Em suma, uma casa inteligente é uma casa conectada. Mas uma casa conectada não precisa ser uma casa inteligente.



É evidente que uma casa inteligente necessita de uma pré-configuração. Depois disso, ela passa a executar as ações definidas. São tarefas automatizadas implementadas nos assistentes virtuais como rotinas. Um exemplo simples: pode-se definir um horário padrão para que as luzes se acendam diariamente ou mesmo configurar dispositivos para enviarem alertas para um smartphone sempre que os sensores instalados na casa detectarem anormalidades.

Mas como o assunto são as casa conectadas, o Fujioka Distribuidor mostra como esse mercado está se tornando cada vez maior, além da quantidade de itens que permitem integração entre eles.
O mercado brasileiro de equipamentos para automação residencial está em alta. A previsão do IDC Brasil é que o volume de negócios este ano supere a marca de US$ 291 milhões, com crescimento de 21% na comparação com 2020. Os dados do IDC mostram o aumento da procura de dispositivos inteligentes com smart speakers, lâmpadas e câmaras, por exemplo.

Mas vale lembrar que, além desses, TVs, Lava & seca, condicionadores de ar, robôs aspiradores, tomadas, interruptores e até fechaduras eletrônicas integram a lista de itens. E como já dissemos, a maior ocorrência dessas tecnologias está ajudando a tornar esses itens mais acessíveis. O consumidor têm considerado toda essa conectividade no seu comportamento de compra.

Além da oferta e dos preços, está cada vez mais perceptível que não são necessários muitos equipamentos ou conhecimentos para configurar uma casa conectada. As interfaces das assistentes virtuais já são desenvolvidas para permitir que qualquer pessoa instale os dispositivos em casa.

Outro fator que vem aprimorar ainda mais essa atmosfera de casa conectada é a chegada da tecnologia 5G, que promete ser um dos pilares da Internet das Coisas (IoT). Com essa tecnologia disponível, cada vez mais produtos eletrônicos estariam conectados e com comunicação constante entre si.

Por isso, em um cenário tão favorável e consumidores cada vez mais atentos à essas mudanças, lojistas precisam olhar para esse segmento com mais atenção e envolvimento. Para os consumidores, há uma infinidade de itens à disposição. Dos mais variados preços e tecnologias. E isso faz com que o conceito de casa conectada esteja mais próximos dos brasileiros. Seja por um movimento inicial com dispositivos de segurança ou iluminação com câmeras wi-fi ou lâmpadas, seja na utilização da maior quantidade possível de itens conectados.

E no Fujioka Distribuidor é possível encontrar toda essa variedade de itens com preços e condições especiais. Quem é lojista pode aproveitar a sinalização de crescimento no segmento. Quem é consumidor e tem CNPJ pode comprar mais barato no fujiokadistribuidor.com.br.

E se você gostou da dica, acompanhe o blog e as redes sociais do Fujioka Distribuidor pra não perder as novidades sobre o lançamentos e o mercado. Até a próxima.


voltar para posts